Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

quarta-feira, 24 de agosto de 2016

sketchbook therapy




Cara comunidade,
deixo-vos 3 desenhos do meu último caderno e o link para os restantes, esperando que seja digno das vossas críticas:
https://sketchbooktherapy.wordpress.com/2016/07/31/tres/
Abraços
Marco

Ponte de Lima I

 A minha passagem por Ponte de Lima, foi uma espécie de Lusco-Fusco... Fui e voltei num ápice mas em desenhos foi bem proveitosa. A pequena aldeia do Bárrio é onde temos casa e a vista é mais ou menos esta que ao vivo é bem melhor. As casas parecem formigas no imenso verde que se desenvolve em socalcos, numa bela escadaria natural que remete para um canto qualquer uma construída numa cidade qualquer...

 ...e as galinhas que o digam ;)


Com a minha filha doente, mal pus os pés na vila que nestes dias anda com sotaque Francês bastante pronunciado. Afastei-me da confusão Pré-Concerto de Tony Carreira e ao lado do General Romano Décimo Júnio Bruto Galaico (ver a sua história aqui), desenhei o belíssimo casario sobre o não menos belo Rio Lima e sua mítica ponte.


E como não é apenas a vila que é um local especial, aqui fica outro cuja beleza fica muito mas muito mais além deste meu desenho. É um riacho no meio de cascatas, penedos enormes e muitas sombras de árvores chamado Pé do Negro que fica num local secreto, excepto para os locais. Por mim, vai continuar secreto ;)

terça-feira, 23 de agosto de 2016

A correr para apanhar o 69!

Por desatenção só hoje me apercebi do desafio 69. Como durante a semana praticamente só tenho conseguido rabiscar no metro ou no autocarro, aqui ficam uns sketches rápidos de alguns passageiros que por pouco não perdiam o 69!





Jardim do Principe Real



 
Uns apontamentos de uma manhã no jardim...

Mosteiro dos Jerónimos






  Desenho do teto do Mosteiro dos Jerónimos, em Belém, numa difícil perspetiva a partir de baixo do entrançado das abóbadas. Pela sua riqueza de detalhes e diferentes partes, é sempre um sítio de paragem obrigatória para desenhar.


http://theheadlessketcher.blogspot.pt/

Romaria de Nª Sra da Agonia



A Ribeira, Viana do Castelo


Como todas as Ribeiras, a de Viana também é território de gente boa e simples, de tascas simpáticas. O melhor peixe ao melhor preço come-se por aqui. Nestas modestas casinhas em ruas apertadas vive muita da gente genuinamente Vianense. 
O chão destas ruas é minuciosamente decorado por estes dias com tapetes feitos de sal. Aqui facilmente se ouve um palavrão, por entre um falar muito peculiar e quase cantado. Aqui vive gente sem filtro. Gente agridoce. Moldada por  vidas quase sempre duras, passadas ao  tempo e no mar. Gente que viu partir muita gente para a faina. E nem toda voltou. Gente que fez os Estaleiros e neles se fez gente. E já feitos os viram partir.
Certamente um dos momentos de maior simbolismo - diria quase dramatismo - destas festas é sempre a Procissão ao Mar
Isto tudo para dizer que almocei numa tasca chamada Neves. Normal em tudo. Ou não é isso o que se procura numa tasca...?Por aqui há muitas onde se respira Viana. E se ouve falar vianense ( leia-se Bianeunse).


O resto são Mordomas, é vaidade, é ouro, é coração, é o traje, são os bombos, são os cabeçudos....é Amor.
Este ano já tinha saudades e fui também comprar farturas ...

No Jardim das Amoreiras com Manuela Rolão



No WS com a Manuela , só podiamos mesmo usar a linha...recta, curva, fina, grossa, geométrica, livre, simples, definidora de forma, agrupada, definidora de textura, modeladora de volume...muito giro, recordando o meu tempo de professora de EV. 

Manchester



Dois desenhos feitos no dia e meio em que ficámos em Manchester depois do Simpósio.

Capela de Nossa Senhora de Monserrate

na Rua das Amoreiras

Lisboa

Na Papabubble Lisboa, duas etapas da realização de rebuçados artesanais com o mestre Nuno
Esferográfica BIC : Canetas de Feltro

segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Desenho em pausas

As horas das refeições são fantásticas para fazer um desenho. Enquanto se aguarda pela chegada dos pratos vai um aperitivo desenhado...

Mais desenhos na Praia do Barril




Nem me importa que as aguarelas se encham de areia nem que os "acidentes" sejam mais difíceis de controlar... desenhar na praia é fabuloso!

Azenhas e USkPN





É com um grande prazer que passo a pasta da administração dos USkPN ao Marco Costa e ao Tuba. Há algum tempo que sinto que chegou ao fim o meu papel nos USkPN. Chamá-los para a administração foi uma tentativa de dividir as responsabilidades e, com isso, tornar o barco mais leve. Mas chegou agora o momento de me afastar e deixar o projecto nas mãos destas duas pessoas que tanto prezo… Não só enquanto desenhadores mas, sobretudo, enquanto pessoas.

Neste momento, algumas coisas na minha vida mudaram. Um doutoramento que está em processo de finalização, mais responsabilidades no âmbito da minha carreira docente e enquanto investigador, novos projectos artísticos (alguns relacionados com os diários gráficos), entre outras actividades, passaram a ser prioridades máximas. Confesso que o Nós e os Cadernos foi um importante momento de reflexão e que me levou a uma reestruturação de pensamento e abordagem relativamente aos diários gráficos e aquilo que anda a ser feito em torno dos mesmos.

Os USkPN foi um projecto que abracei com muito carinho desde o início. Tinha uma visão para esse grupo, fundei-o (com a Eva Vieira) e levei-o pelos caminhos que acreditava serem sinceros e importantes para a disciplina do desenho e para a comunidade. É sem dúvida um projecto que dá trabalho e acredito que só pode ser bem feito por alguém que seja movido por uma paixão pelo desenho de observação e que queira partilhar essa paixão com os amigos, nas melhores condições possíveis.

Infelizmente, não posso tomar mais conta do projecto. Há outros caminhos a percorrer. O projecto cresceu, amadureceu, tem uma imagem e uma política muito particulares. Acredito, sinceramente, que fica muito bem entregue.

Obviamente que continuarei a partilhar os meus desenhos no blog e a participar nos encontros (dentro das minhas possibilidades) porque partilhar a experiência do desenho com amigos é das coisas que faço que me dá mais prazer.

Quanto aos desenhos aqui apresentados, foram feitos nas Azenhas de Antas (Esposende) pouco antes de vir para a Turquia, a 28/29.07.2016.

Até breve!

Manchester - último dia do Symposium






Último dia do Simpósio, ao fim da tarde no Benzie Building, apanhando os muitos modelos que me rodeavam.

a casa joão do rio foi à costa da caparica


Que bela tarde de desenhos em tão boa companhia! Obrigada à Leonor, ao César e à Luísa! Foi a Mónia que teve a ideia de tirar a fotografia ao meu desenho assim :)

Sardinhas

As sardinhas estavam magnificas e lindas por isso rabisquei este prato e acabei o desenho depois de as comer para não perder o petisco quentinho.
Leonor Janeiro

Dias com sol à beira d'água #07


Estivemos num recanto da Lagoa das Sete Cidades que não estava repleto de gente... o que foi, nos dias de hoje, uma raridade. Atualmente, aqui em São Miguel,  andamos a fujir do «formigueiro» de turistas porque é dificil encontrar silêncio nos nossos pequenos paraísos... arriscámos uma ida à Praia da Baixa d'Areia na Caloura e tivemos sorte... que mar...

(Graph'it shake, Asterdam acrylic marker, Graph'it fine Liner e lápis de cor)                                                                                              |«in situ»|


Praia

A praia é o melhor local para colocar a leitura em dia, apanhar um excelente banho de sol e desenhar claro... Este desenho vai lembrar-me destes dois banhistas e irei sempre rir um pouco por causa dele.
Há mar e mar e estórias para contar...

Swasky

No próximo sábado, dia 27 às 10h30, a Casa-Atelier Vieira da Silva vai receber como formador o catalão Swasky. Esteve no último Simpósio USk em Manchester e, segundo dizem, foi um óptimo workshop.


domingo, 21 de agosto de 2016

Vila Viçosa

Vila Viçosa à noite. Vista da Varanda dos Amigos Ana e Luís. O castelo Iluminado e o luar que se reflecte nas árvores circundantes...