Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

sexta-feira, 29 de abril de 2016

Casa Sta Maria


"Dia das Abelhas" na Gulbenkian

Workshop "Dia das Abelhas", na Fundação Gulbenkian
Formador Mário Linhares - 19.Março.2016

Um dos exercícios deste workshop replicava a relação bipolar que temos com as abelhas.
Para este exercício, a Fundação Gulbenkian forneceu vários espécimes de abelhas.

1º Desenhar uma abelha, só a caneta, com todo os pormenores
(representando a nossa proximidade e dependência das abelhas, mel, polinização, ...).


2º Adicionar cor com um pincel colado na ponta de uma cana
(representando a distância que gostamos de manter das abelhas).


Num desenho à parte, experimentei desenhar a abelha só com o pincel na ponta da cana.


Quinta das Conchas





Acabadinho de sair agora do sol e da mata da Quinta das Conchas.

Encontro em Abrantes

Os desenho do encontro em Abrantes, com o respetivo desenho de almoço e a Apresentação do Javier de Blas.




Á hora do almoço ninguém resistiu aos desenhos, acho que todos fomos desenhados por alguém :)

Tenho um problema em focalizar o olhar em geometrias mas com atenção suficiente lá consegui desenhar o azulejo, mesmo assim enganei-me na aplicação das cores :)


Durante a apresentação de Javier de Blas

Sintra (um percurso pelo centro histórico), 24 abril 2016.

Vista do castelo a partir de uma rua na parte de baixo do Palácio.

Azulejos (a partir de painel no Palácio Nacional de Sintra).

Traseiras do Palácio Nacional de Sintra.

Porta (ainda no Palácio).

Tempo para uma queijadinha na Piriquita II.

Palácio Nacional de Sintra visto do Miradouro.

Fonte da Pipa (1788).

Casa (nº 4) a ser engolida pela vegetação. um belo exemplar a lembrar a "ruína" romântica.

Sexta-feira...

Tenho comigo, quase sempre, a minha máquina fotográfica, a mais portátil... a melhor por que está sempre comigo quando preciso dela. Desde que me liguei aos USK que tiro menos fotografias e parte das situações importantes (para mim)  passaram a estar no(s) meu(s) caderno(s)... e isso pode não ser urbansketching no motivo desenhado mas, deve ser -pelo menos- na atitude.

(Artline 200 Fine 0.4  e Pilot G-tec-C4 sobre Ebru)                                                                                                                              |«in situ»|

Desenhar na Escola

Desenhar na Escola. Clube Oficina da Imagem do Agrupamento de Escolas Nuno Álvares em Castelo Branco. O clube já existe há três anos, mas neste ano letivo, desde outubro têm sido raras as terças feiras em que meia dúzia a uma dúzia de dedicados entusiastas não se encontraram para desenhar. Alunos, professores; encarregados de educação e futuros encarregados de educação. Dentro ou fora de portas.



Serra do Caldeirão

WFA - Festival de Caminhadas de Ameixial
Estes grandes formatos são sempre difíceis de scanar e quem fica a perder são as cores.

em Roma


Figuram aqui dois momentos da viagem: uma flor que crescia junto à calçada da Via Appia, e um pormenor da entrada dos museus capitolinos, onde, no interior de um pátio que Miguel Ângelo ajudou a desenhar, jazem fragmentos da estátua colossal do imperador Constatino, que tinha 12 metros de altura.

quinta-feira, 28 de abril de 2016

ponta dos corvos


Um pequeno paraíso num pedaço de margem do rio tejo.

Abrantes… Encontro de Cadernos de Viagem

Abrantes foi o palco do encontro “Cadernos de Viagem”.
Um passeio pela cidade e escolhi para primeiro desenho a  Câmara Municipal de Abrantes. De seguida rendi-me à vista a partir do parque de estacionamento junto à Biblioteca Municipal António Botto, com o rio em destaque e um belo verde de fundo.



Gulbenkian



 

 

Ontem num dos jardins mais belos que temos. Um repouso para a vista e um manancial para os sketches.

Este sketchbook, feito por mim, está guardado apenas para quando vou à Gulbenkian, melhor, à Fundação Gulbenkian pois também o utilizei quando, a convite da Rita Caré, estive na Gulbenkian de Oeiras.

Gosto de sketchbooks temáticos.

Do alto

Do alto da Quinta do Outeiro, a vista  a que temos direito a 200 m de casa...
Aproveito para dizer que gostei de todas as utilizações que deram ao carimbo (feito pela Marilisa ) emprestado no dia do encontro de Abrantes! Tanta criatividade! Eu uso-o da forma mais óbvia, para enquadrar. Tem sido um desafio desenhar "pequeno" mas estou a gostar e fazia-me falta este treino!


tarde de desenho na quinta mais próxima de mim


Muito perto da minha casa, existe a Quinta da Fidalga. É o local onde mais desenho. Passei aqui uma bela tarde com amigas, conversando e desenhando. Os nossos filhos andavam por lá livres, a brincar e a explorar.

Fim de tarde



Rua da Conceição, Lisboa


Que emoção !

Estou tão contente! Gostava de partilhar, mas nem  sei por onde começar. Pelo princípio? Não! Já sei: pelo telefone a tocar, há duas semanas. (Uau!  - pensei - Uma chamada do Brasil.?!)
"Terêsaaa? Oi! Fala Ana , da produção do Grande  Circo Místico. Olha aí Terêsaa, o Cacá tá querendo fazer um cartaz com um desenho seu......

E aí,   é para saber se você autoriza..Sim? Que legal!...Então você vá pensando quanto você leva pelos direitos, tá?" 
Direitos? Eu? Que coisa estranha..essa palavra não entra no meu léxico...
 "Não sei Ana...só se for qualquer coisa simbólica...não sei...mas  olhe, ficaria muito feliz se pudesse ir ver o  Caetano!"
E foi assim que ganhei dois preciosos bilhetes!
Mais velhos, mas como sempre extraordinários, Caetano e Gilberto ofereceram-nos duas horas de puro prazer e boa disposição que eu, mesmo estando nas nuvens, tentei registar no meu caderno. Quando acabou, um senhor de idade que estava sentado ao meu lado disse: "Desejo-lhe muitas felicidades! É uma grande artista!" Era o  Eduardo Lourenço. Corei e agradeci, visivelmente atrapalhada! Depois foi procurar a porta dos artistas com os nossos Bilhetes "GUEST -After Show". E foi assim que conheci Caetano Veloso  e Gilberto Gil, duas pessoas que tanto (tanto mesmo!) admiro, desde há tanto tempo! 



Fiquei tão emocionada que, quando cheguei ao carro, tinha ainda as pernas a tremer :)
Que noite... :)
Obrigada Cacá Diegues!
(o resto dos desenhos e fotos vou pôr logo no meu blogue )

preparar a viagem a Roma



 Arranjei um bloco só para uma viagem de 4 dias. Espero que o tempo para desenhar compense. Pelo menos a informação relevante fica bem acessível no bolso.

ABRANTES




Os meus desenhos do encontro em Abrantes: Ruas, estátuas e pessoas.

quarta-feira, 27 de abril de 2016

Engarrafamento de 28's


Na última vez que me sentei (desenhei sentado, viva!) neste banco, ainda não existiam Tuk Tuk's a infernizar o trânsito. Contei assim por alto uns 20, que lixaram o trânsito todo e claro, 3 electricos 28, seguidos que também eles foram afectados... Melhor para mim ;)