Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.


Neste blog só se publicam desenhos feitos de observação e no sítio

terça-feira, 18 de setembro de 2018

Seia

Rua da Caínha, em Seia.

Mão direita Vs. Mão esquerda



Estatuas MNAA



Quinta Pedagógica dos Olivais

No desenhar Lisboa Oriental, hoje, fomos desenhar na Quinta Pedagógica dos Olivais.
Sítio muito agradável, não fora a quantidade de moscas.

A bela Quinta Pedagógica dos Olivais.

Vamos desenhar com... Paulo Mendes

Foi muito bom ouvir o percurso inspirador do Paulo durante a sua apresentação no Museu do Carmo e os mesmos conselhos repetem-se, o de praticar com insistência todos os dias para evoluir e os exemplos que mostrou bem provam esta tese! Eu não pratico todos os dias mas foi observando os desenhos do Paulo e a sua técnica com as luzes e sombras que evoluí um bocadinho nos meus e deixei de ter tanto medo de dar sombras.
Aqui ficam os registos da apresentação e do desafio: Transformar obstáculos em oportunidades.
Também publicado AQUI



Paço de Arcos


Jardim Botânico, Desenhar por Desenhar



 Tive muita pena de ter que sair a correr do Jardim Botânico.
É um lugar que pede calma, tempo e tranquilidade.
 Tenho a certeza que vou voltar a este imenso e deslumbrante jardim que parece uma floresta encantada de um qualquer universo paralelo!
(Obrigada à Manuela Rolão que nos deu esta ideia!)

Lisboa: Entre o Castelo e Alfama








segunda-feira, 17 de setembro de 2018

Músicas no Bosque


No Festival Músicas no Bosque não eram só músicas nem apenas bosque.


Jardim Botânico (encontro Desenhar por Desenhar)

Que melhor maneira de voltar a publicar do que com o maravilhoso Jardim Botânico de Lisboa, local do "Desenhar por Desenhar" deste mês.
É um verdadeiro tesouro que temos ali, integrado no MUHNAC/Museu Nacional de História Natural e Ciência!
E para coroar o momento tivemos 3 estreantes de encontros - Luis, Rita e Jorge. Acho que ficaram com vontade de voltar. Apareçam vocês também para o mês que vem!!

(Eu desenhei num A4 panorâmico - se quiserem ver maior cliquem na imagem)

A recordar as férias...


O meu último desenho destas férias de mar e praia foi no Zavial, mais um paraíso no belíssimo oeste algarvio:


 O desenho no local, feito bem depressa por causa do sol escaldante, pode ver-se AQUI.

Fugiram de casa dos seus pais - um deleite.

Parto-me a rir (cá por dentro) quando o speaker diz que não se pode proceder ao registo de imagens

Feira do Livro do Porto

A Feira do Livro do Porto, nos jardins do Palácio de Cristal, estava animada e cheia de gente. O pavilhão da Afrontamento estava muito concorrido. A mesa onde estava sentado à espera que me pedissem um autógrafo assim-assim. Deu tempo para fazer este desenho.


Vamos Desenhar Com... o Grande Paulo Mendes

Confesso que sou uma fã do Paulo desde que ele começou a divulgar os desenhos neste blog e é claro que não poderia faltar à sua apresentação no Museu do Carmo.
Admiro o Paulo como artista e como pessoa. Que tarde fantástica a rabiscar e a conversar!
Talvez por isto tudo, o desenho saiu tão bem :-)


Vamos desenhar com...Paulo Mendes

 Museu do Carmo


Excelente apresentação do Paulo Mendes.
Desafio cumprido...


Outjazz

O Outjazz é uma coisa engraçada. Passeando, vemos de tudo: "freacks", "betos", "nerds", "hipsters", "chungas", "indies", "agrobetos", "otakus", "esquerda erótica", velhos, novos, crianças, famílias...enfim, tudo! E é muito bom ver tudo junto! É a prova de que o que muda é o invólucro.
 Com muita música à mistura, mantas no chão, pic-nics, cerveja aos litros e um intenso e generalizado cheiro a substâncias ilícitas parece um mini Woodstock à portuguesa.
"...Tudo tranqui MPT..." :)


Vamos desenhar com...Paulo Mendes

Depois de uma apresentação inesquecível,  de tão emocionante e sincera  - e que confirma mais do que nunca a importância do desenho na vida de cada um - senti que  foi quase um sacrilégio fazer uma coisa  assim, tão banal, mas foi o que se arranjou...

Vamos desenhar com o Paulo Mendes


Uma excelente apresentação e um exemplo do poder do desenho nas nossas vidas. Parabéns Paulo.

domingo, 16 de setembro de 2018

Vamos desenhar com(igo)...


No Sábado à tarde foi assim: Um grupo fantástico, uma conversa entre amigos, excelentes desenhos, um bocado de tempo que, como sempre quando nos estamos a divertir, passou a correr.
Obrigado a todos os presentes pela companhia, e também ao Museu por todo o apoio. Valeu mesmo a pena ter passado por cá!

Jardim Botânico