Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

segunda-feira, 27 de março de 2017

Mulheres da minha vida

A minha mãe a fazer o jantar

Nini na cadeira de baloiço

Só fica a faltar a pequena Alice :)

Parque aquático

Tenho um parque aquático e casa. Pelo menos é assim que a Júlia vê a banheira cá de casa. São mergulhos nas profundezas, deslizamentos no escorrega, salvamentos e muitas outras aventuras.Um dos dos poucos momentos de pausa é quando dá corda ao seu peixinho cor de rosa.

Patisserie Versailles


Inaugurada em 25 de Novembro de 1922, e restaurada em 1987, mantém até hoje o estilo de Luis XV conforme vontade de Salvador José Antunes, um dos sócios fundadores e ficou sendo segundo o Diário de Lisboa "o melhor estabelecimento do género, o melhor da capital e dos melhores da península".




Conferência esterilização

Quando conversados por pessoas interessadas e apaixonadas os assuntos mais estéreis tornam-se interessantes e apaixonados.

Embora estivesse abrigado pelo toldo de uma loja fechada, quando me preparava para o pintar, levantou-se um vento forte que empurrava a chuva na minha direção e tive de fechar o caderno. Pintei-o em casa mas, sinceramente, preferia tê-lo feito no local. Sinto que lhe roubei um pouco da "alma"...



Biblioteca Pública de Évora

Uma interessantíssima visita guiada à Biblioteca Pública de Évora. Foi um dia de desenhos num evento organizado pelos Évora Sketchers em parceria com a Biblioteca na comemoração do seu 212º aniversário. Foi também um encontro com livros míticos como é o caso do Foral de Évora datado de 1501.

One week 100 people





Quartel de Infantaria 16





A calçada portuguesa na entrada do Quartel.

 O batalhão de Sapadores dos Caminhos de Ferro estiveram instalados durante 63 anos no Quartel de Infantaria 16. Ficou o registo em calçada portuguesa. Como não tinha tempo para fazer tudo com pormenor, só registei as letras e números como lá se encontram, depois dei com tinta da China para ressaltar essa parte, o que está a preto também deveria estar em calçada portuguesa.

Barcelona





Mais desenhos aqui,aqui e aqui.

Pic-nic nas Furnas


Certamente que todos ouviram falar do cozido das Furnas... para mim,  o cozido nas Furnas é bem melhor e é para quem o sabe fazer. Tenho a sorte de conhecer quem saiba e de ter amigos que se levantam muito cedo para  colocar a panela (ensacada) em chão Furnense. O cozido faz-se ao vapor e durante horas - umas cinco ou seis - fica a destilar dentro do buraco «abafado». Há sempre alguém simpático que me faz a vontade de colocar uma farinheira juntamente com a morcela e chouriço que, tradicionalmente, compõe o panelão e que dão gosto à galinha, porco e vaca e tornam a couve lombarda, as cenouras, o inhame, as batatas e o arroz muito sucolentos. O cozido, é uma coisa de família, no preparo e na sua degustação, é um pretexto de reunião. Mesmo em dias de chuva as Furnas conseguem propiciar grandes pic-nics em zonas públicas e resguardadas.

(Caneta calibrada/fina, marcador de aguarela, aguarela e lápis de cor)                                                |«in situ»|

Museu Nacional dos Coches


Barcelona







Os azulejos...


Museu de Aguarela Roque Gameiro, em Minde

Lamento não ter ido de manhã ao encontro. Só consegui fazer um desenho da parte da tarde, depois da exposição dos desenhos "Lisboa Antiga de Roque Gameiro".
Agradeço à organização pelo trabalho que tiveram. O espaço é maravilhoso, os desenhos impressos em papel aguarela ficaram excelentes. Uma fantástica tarde de sol radioso em boa companhia.


#19 Fábrica Sant'Anna


Quantas vezes passei por aqui desde pequeno - sim, desde que me lembro! 
No regresso, na ida para a escola. Morava perto e estas montras sempre me fascinaram. Ainda hoje me 'prendem' pela cor, delicadeza e arte! 

Desde pequeno que tenho o gosto pelo desenho e pintura, mas a memória não retém qualquer imagem de algum dia ter pintado ou desenhado estas montras históricas, de puro e altamente artístico artesanato tradicional português. 

Agora, para que a memória não se canse de regressar a um passado que tanto prezei - e ainda prezo - deixo o meu singelo contributo para a arte.
Não desde 1741, apenas desde 2017.
-José Leal

Festival do Arroz e da Lampreia em Montemor-o-Velho

Terminou hoje o Festival doa Arroz e da Lampreia em Montemor-o-Velho que começou a 17 de Março. Este são os desenhos resultantes do encontro realizado pelos MoSk para este evento culinário da gastronomia do Baixo Mondego.

 Desenho de Ana Luisa
Desenho de Jorge Antunes
Foto do final do encontro

Maravilhas na Ponta do Lápis, integrado na Semana do Leitão à Mesa, com as 4 maravilhas (pão, água, vinho e leitão)

 
 No sábado participei no Concurso  Maravilhas na Ponta do Lápis, integrado na Semana do Leitão à Mesa, com as 4 maravilhas (pão, água, vinho e leitão), na Mealhada.  O objetivo era desenhar alguns dos locais representativos das 4 Maravilhas da Mesa da Mealhada.
Obrigada Sónia e Paulo Nabais, da
Living Place-Animação Turistica, pelo dia fantástico que nos proporcionaram!
A representação das 4 maravilhas da Mealhada(pão, água, vinho e leitão), no Restaurante Churrasqueira Rocha
Apontamento rápido de uma das salas do restaurante Rei dos Leitões, na Mealhada


Armazens I.V.V. , Mealhada

Caves Messias - Mealhada
 

 
 


domingo, 26 de março de 2017

Bonecos de Bolso em Abrantes

A exposição de Abrantes integrada no Encontro de Cadernos de Viagem de Abrantes já está aberta e lá ficará até dia 2017-04-29.
Pelo meio, em 2017-04-22 haverá o já tradicional Encontro de Abrantes, onde espero que nos encontremos todos.
Para a exposição, além de oitenta e tal cadernos originais, há quinze painéis com reproduções de desenhos (dos cadernos) organizados por temas.
O primeiro painel (por ordem alfabética) tem desenhos de "À espera". São estes:

Mudança da hora

O caderno não é meu e só havia uma esferográfica BIC sem tampa. A conversa estava tão boa que tive de pedir material emprestado. A grande lição da noite chegou depois da mudança da hora e de alguns copos de rosé. "Se ouvires o som de uns cascos provavelmente são cavalos, até podem ser zebras mas é pouco provável". Para além de dizer coisas com imenso sentido, tem uma aguarela do Roque Gameiro no sotão de uma casa em Mangualde. No sotão?


 
 
Enfrentando a chuva e o vento, lá fizemos mais um pequeno encontro. O meu desenho do PoSk de hoje. E já agora, se me é permitido, a foto dos "valentes".