Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.


Neste blogue só se publicam desenhos feitos de observação e no sítio

terça-feira, 21 de maio de 2019

Nós os turistas

Todos nós somos turistas quando estamos a visitar outro país. Ou mesmo no nosso próprio. Mas, nós que desenhamos, não fazemos as figuras (tristes) dos que fotografam. Em Copenhaga para ver a Pequena Sereia (Little Mermaide) ou na sala Giacometti em Louisiana (arredores de Copenhaga), os turistas acotovelam-se e ridicularizam-se para se fotografarem. É uma cena triste (e cómica) de se ver.



7 comentários:

Alexandra Baptista disse...

Pois... a popularização da fotografia, acentuada com o aparecimento dos smartphones, trouxe muitas coisas boas mas, fez e continua a fazer muitos estragos.

hfm disse...

Gostei do desenho e do documentário.

João Santos disse...

E que tu representaste tão bem!

Manuela Rolão disse...

Uma realidade...
Boa reportagem das cenas tristes...

Luís Ançã disse...

Sempre bom ver teus desenhos.

ana pato disse...

parecem moscas!

Teresa Ruivo disse...

Ah ah! É bem verdade o que dizes. Mas olha que também já fiz muitas "figuras tristes" a desenhar :D:D:D