Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.


Neste blog só se publicam desenhos feitos de observação e no sítio

quarta-feira, 10 de outubro de 2018

Quando não há praia, inventa-se!

Boa ideia esta dos parisienses, de fazerem uma praia artificial nas margens do Senna. 
Podem estar a trabalhar e pode estar muito calor mas aqui, ao fim do dia, entre sombras, espregiçadeiras, duches e  repuxos podem descansar tranquilamente e com  um cheirinho a praia!


7 comentários:

João Santos disse...

Espetáculo! O 1º está lindo e adoro a personagem do 2º, tem imenso caracter!

hfm disse...

Completamente de acordo com o João Santos. Acrescento apenas que a figura final quando a vi pareceu-me o Gandhi.

Gosto muito destes dois desenhos.

DiasVanda disse...

WOW!

André Duarte Baptista disse...

espetaculares. parabéns

nelson paciencia disse...

Que valente par de desenhos!

Urban Sketchers Portugal disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
teresa ruivo disse...

Obrigada a todos!