Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.


Neste blog só se publicam desenhos feitos de observação e no sítio

quarta-feira, 12 de setembro de 2018

O azul do Tejo em Vila Velha de Rodão

Ou pelo menos naquele dia era...


6 comentários:

André Duarte Baptista disse...

resultou muito bem João

Suzana disse...

Belos barquinhos!

Eduardo Salavisa disse...

Tiveste sorte com o azul. Porque é que este desenho é tão diferente dos outros teus?

João Santos disse...

É uma boa pergunta Eduardo... não sei bem, acho que há pessoas que encontram rapidamente o seu estilo e outras que nunca se sentem completamente satisfeitas com aquilo que experimentam e então vão experimentando. Umas vezes tendo-me soltar mais, outras prendo-me mais nos detalhes... não tenho bem uma resposta, apenas consigo especular sobre isso eheh

DiasVanda disse...

Deep blue :-D

Teresa Ogando disse...

Gosto também muito deste teu registo.