Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.


Neste blog só se publicam desenhos feitos de observação e no sítio

quinta-feira, 2 de agosto de 2018

Simpósio_Porto


Antes de entrar no edíficio da Alfandega para a receção dos sketchers que iam participar no simpósio, parei para desenhar a encosta, já se encontrava por lá imensa gente a desenhar a cidade. Escolhi um "detalhe" onde o verde proliferava e não dei pelo tempo passar.

 (Marcador, grafite, carimbo e lápis de cor)                                                               «in situ»

3 comentários:

Rosário disse...

Gosto muito!

José Louro disse...

Já não me lembro se nos conhecemos, ou não, no simpósio.... Acho q não. Terá que ficar para uma próxima.

Alexandra Baptista disse...

Apresentei-me no primeiro dia José Louro... não faz mal.