Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.


Neste blog só se publicam desenhos feitos de observação e no sítio

quarta-feira, 25 de julho de 2018

Simpósio do Porto

 junto à ponte Luís I
desenhar a partir da Alfândega.

3 comentários:

Miú disse...

Interessantíssimos, ambos!

teresa ruivo disse...

Ver tanta coisa gira e diferente até muda a nossa forma de desenhar. Muito giros

hfm disse...

Belíssimos. E o que eu aprendo com eles.