Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.


Neste blog só se publicam desenhos feitos de observação e no sítio

sábado, 23 de junho de 2018

Vamos desenhar com... Bruno Vieira

Hoje foi dia de ir ao Museu Arqueológico do Carmo desenhar com o Bruno Vieira. Conheço o Bruno desde 2014, ano em que foi criado o CCC SketchCrawl de Torres Vedras.

O desafio do Bruno foi muito criativo: fez vários mini cartões com aguarela suas. No interior tinha duas hipóteses, à escolha:
uma forma geométrica e uma palavra.
No cartão que me saiu-colado no desenho- das duas hipóteses escolhi a palavra SONHO.

"Pelo sonho é que vamos, comovidos e mudos. Chegamos? Não chegamos?


2 comentários:

Rosário disse...

Tão giro! Parabéns!

André Duarte Baptista disse...

Resultou muito bem Teresa.