Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.


Neste blog só se publicam desenhos feitos de observação e no sítio

quarta-feira, 6 de junho de 2018

os Romeiros [5 maio]


O Coro alto da Igreja do Santuário é incrível, os meus desenhos não são reveladores daquele LUGAR misterioso. Naquele dia os Romeiros transbordaram-no de emoção cantando. Tentei - com o tempo que tinha - fixar isso no meu caderno.                                                                   

(Caneta caligráfica, lápis de cor e grafite)                                                       «in situ