Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.


Neste blog só se publicam desenhos feitos de observação e no sítio

sexta-feira, 22 de junho de 2018

Feira de S. Pedro - a origem

No passado sábado, no final do dia do encontro nacional de aguarelas, fomos até à Feira de S. Pedro, no casal de S. Pedro, onde fomos muito bem recebidos.
"O Casal de São Pedro, em Dois Portos, foi palco de uma recriação histórica da primeira feira de Torres Vedras. A Feira do Casal de São Pedro decorreu ao longo deste sábado, 16 de Junho, e assinalou os 725 anos daquela que é considerada a primeira feira de Torres Vedras e que está na génese da Feira de São Pedro." (https://torresvedrasweb.pt)

1º desenho, enquanto os outros participantes jantavam fui apanhando alguns elementos singulares. A cor foi dada em casa.







No final da tarde/noite ainda houve coragem para desenhar a Taberna do Brandão. Um desenho atribulado, devido à interação com os turistas e os locais.






4 comentários:

Rosário disse...

Que ambiente tão giro!

Bruno Vieira disse...

As figuras e o São Pedro estão mesmo bem :D

hfm disse...

Isto é que tem sido produção e da boa.

André Duarte Baptista disse...

Obrigado