Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.


Neste blog só se publicam desenhos feitos de observação e no sítio

domingo, 13 de maio de 2018

Desenhar nos Cucos

Aqui ficam os meus registos possíveis nas antigas Termas dos Cucos, pertinho de Torres Vedras.
Às vezes a tendência de fugir à realidade é mais forte e como meio caminho entro por um contágio cromático na procura de um jogo de atmosferas. Depois do primeiro desenho tornou-se um dia mais de passeio e menos de desenho, mas os olhos também desenham sem riscar.



7 comentários:

Rosário disse...

Estas páginas estão maravilhosas! Gosto muito!

teresa ruivo disse...

Tão lindo!

Teresa disse...

Que bonito o desenho. E a composição da página com o texto ( que claro não dá para ler...) Os campos estavam mesmo assim. Exuberantes!

Fefa disse...

Que belo jogo de cor tem o primeiro sketch!

Ketta disse...

Gosto muito do primeiro desenho, mas não consigo parar de olhar para o segundo!

João Santos disse...

Abordagens diferentes mas ambos estão uma delícia de se ver.

DiasVanda disse...

Desenhos cheios de poesia !