Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.


Neste blog só se publicam desenhos feitos de observação e no sítio

domingo, 22 de abril de 2018

Música na escola

Na sala de Educação Musical da minha escola há um piano. Deveria ser normal mas não é. Com alguma sorte, algumas têm um teclado. Mas piano a sério é mesmo uma dádiva. Infelizmente raramente toca, porque ser-se professor de educação musical não é a mesma coisa que ser-se músico. Por estranho que pareça, há muito mais professores de educção musical nas escolas portuguesas, que músicos. Por vezes temos a sorte de nos chegar à escola um professor músico. São fáceis de identificar porque a música está-lhes no sangue. E o nosso piano é irresistivel para esses professores. E quando o som inconfundível do nosso piano inunda toda a escola é mágico. O som entranha-se nas paredes e torna tudo muito mais bonito. Eu sempre que o oiço não resisto e vou até lá. E neste dia até tive tempo de fazer um desenho.

Sem comentários: