Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.


Neste blog só se publicam desenhos feitos de observação e no sítio

terça-feira, 10 de abril de 2018

Desenhar Moinhos

Mais algumas experiências no encontro Desenhar Moinhos, com os Oeste Sketchers.
Às vezes mudar de registo é como mudar a forma de pensar o desenho ou o que se vê. Desta vez tentando fugir ao registo habitual de linha e cor, pintando contrastes e misturando cores que raramente uso.

 Os Moinhos da Bordinheira

Azenha de Santa Cruz

4 comentários:

teresa ruivo disse...

Gosto do ar onírico desta última experiência!

Fernanda Lamelas disse...

Muito bonitos, gosto muito da simplicidade do primeiro!

André Duarte Baptista disse...

muito bons. gosto muito dos brancos e dos detalhes

Pedro Alves disse...

Ficaram óptimos!