Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.


Neste blog só se publicam desenhos feitos de observação e no sítio

quarta-feira, 4 de abril de 2018

De comboio até Abrantes

Ou de carro, ou de bicicleta ou mesmo a pé.
Vale a pena ir ao Encontro de Abrantes, no próximo sábado. Um extenso programa que inclui a apresentação do livro CADERNO DE ABRANTES com texto da Raquel Ochoa e desenhos meus.
Mais pormenores aqui: http://www.bmab.cm-abrantes.pt/index.php/pt/agenda/162-cadernos-de-viagem-de-abrantes

2 comentários:

Jrosa disse...

Belo desenho!

Nicolas globe croqueur disse...

Sympathique aquarelle. En plus, j'aime bien l'univers ferroviaire.

Nicolas globe croqueur.

http://france.urbansketchers.org/2018/04/sortie-sur-le-centre-pompidou-paris.html