Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.


Neste blog só se publicam desenhos feitos de observação e no sítio

terça-feira, 17 de abril de 2018

Av. EUA

Como quem desce para Entrecampos...

Enchi-me de coragem e desenhei sem medos esta perspectiva que me atormentava há algum tempo.
Uma Avenida a descer, outra a subir, uma rotunda, carros, prédios e sei lá mais o quê...
No fim, tirando algumas trapalhadas parece-me que o local ficou reconhecível e eu satisfeito com o desenho do dia de hoje!


2 comentários:

João Santos disse...

Uff desenhar isto ao vivo deve ter sido uma canseira, mas valeu bem a pena!

Ana Carvalho disse...

É a minha avenida... e confirmo, com tanto pormenor, está perfeitamente reconhecível!