Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.


Neste blog só se publicam desenhos feitos de observação e no sítio

sábado, 31 de março de 2018

Uma produtiva manhã de desenho

Na Quinta-feira passada, aproveitando uma estadia no Porto do amigo e sketcher João Albergaria, fomos desenhar para a baixa. Não estando favorável, o tempo em nada atrapalhou uma muito agradável e bem riscada manhã.

Praça D. João I, um lugar actualmente a sofrer grandes transformações. Um enorme espaço vazio onde há bem pouco tempo existia um prédio de vários andares. Momentos da história urbana, quiçá irrepetíveis, que vale sempre a pena registar.

Em alternância com a conversa, da intensa concentração iam saindo fantásticos desenhos.

Rua 31 de Janeiro, que além das amplas vistas apresenta fachadas às quais é difícil resistir.

O fecho dos trabalhos foi no bulício de Santa Catarina, já ao abrigo da chuva que a partir dali se tornou mais insistente.

3 comentários:

AB disse...

Espectaculares, como sempre! (aquela fachada de 31 de janeiro é de tirar o fôlego...)

jeanne disse...

gosto muito do primeiro..

João Santos disse...

Faço minhas as palavras do AB