Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.


Neste blog só se publicam desenhos feitos de observação e no sítio

segunda-feira, 12 de março de 2018

Um ano depois...

Um ano depois do falecimento precoce do meu tio, a sua presença na nossa casa e em todos os eventos familiares ainda é fortemente presente e deixa muitas saudades. Uma pessoa de carácter forte, marcante, que se fazia sentir em quaisquer circunstâncias deixa um grande vazio nas vidas que tocou. Hoje em dia a dor não é tanta e a vida segue o seu rumo normal, mas no fundo ainda custa acreditar que ele partiu...


Para celebrar a ocasião a família tem de fazer aquilo que ele mais gostava que é um grande ajuntamento no Casal do Facho que sucedeu esta ida à missa do Varatojo que alguns de nós precisam por acreditarem que ele está neste momento num local melhor. Esta lindíssima Igreja fica inserida no Convento do Varatojo que está ao serviço da Ordem dos Frades Menores ou Franciscanos. A missa for presidida pelo Pe. Vitor Melícias (que ja tinha presidido a missa do 7º dia, um padre que o meu Tio adorava), um Franciscano que voltou à sua terra para fazer o que faz melhor e devo dizer que é um prazer ouvi-lo falar pois acrescenta sempre uma boa pitada de info útil não fazendo apenas as leituras monocórdicas que caracterizam a Eucaristia Dominical. É como ter uma espécie de Cristiano Ronaldo a terminar a carreira no seu clube de coração, o que confere a esta igreja, algo de ainda mais especial...

6 comentários:

Marcelo de Deus disse...

Mostraste o desenho ao Sr. Padre ?

Marcelo de Deus disse...

Quando um dia comecei a treinar estes brilhos, tendo como modelo os teus desenhos, tb eu há um ano desenhei o teu tio mais do que uma vez. Onde quer que esteja, terá orgulho do seu sobrinho.

Suzana disse...

Este desenho do teu tio vai com certeza fazer recordar sempre os bons momentos! E a igreja está um espetáculo!!

Fefa disse...

Bela forma de recordar um ente querido!

Fefa

Maria Leonor Janeiro disse...

Desenhar muito bem e contar uma história comovente ... não é para todos.Parabéns
Leonor Janeiro

André Duarte Baptista disse...

que belo post