Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.


Neste blog só se publicam desenhos feitos de observação e no sítio

quinta-feira, 8 de março de 2018

Itinerário sentimental

Não sou muito fiel a técnicas ou materiais. Por vezes desenho com uns, outras com outros. Gosto de experimentar. Neste caso experimentei desenhar com caneta bic cristal azul e depois dar alguma cor com caneta pincel aquash com aguada de ecoline. Só tenho 4 canetas, com as cores primárias e um cinzento. Por isso foi o que usei.
Este itinerário foi feito apenas numa manhã e acabou num sítio onde se come muito bem e com o qual tenho grande afinidade.




4 comentários:

João Santos disse...

Compreendo bem, nisto dos materiais também sou um experimentalista. Acho que a utilização apenas do amarelo para os prédios resultou mesmo muito bem!

Rita Catita Afonso disse...

Ih oh Coutinho, estão mesmo bons.

nelson paciencia disse...

Que grandes desenhos pá!

ceguinho da pova disse...

Muito obrigado pelos vossos comentários. Vou ver se consigo manter o "níbel"...(ignorem o nome da conta, é uma conta antiga de blogger que tenho) João Coutinho