Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.


Neste blog só se publicam desenhos feitos de observação e no sítio

segunda-feira, 19 de março de 2018

Índia

A Índia era para mim um destino há muito tempo desejado! Tinha um misto de fascínio misturado com algum receio do que iria encontrar.
Quase três semanas deram para conhecer algumas lugares, gostar muito e querer voltar para conhecer ainda mais!
Para os meus desenhos escolhi um caderno com folhas Arches de 300g, com algum grão, andei todo o tempo a lutar com ele... mas não desisti.
Desculpem tantos desenhos duma vez, em jeito de resumo de um caderno inteiro que consegui preencher!

Ahmedabad

 
Sabarmati Ashram, em Ahmedabad onde o Gandhi viveu durante 12 anos da sua vida
 

Tent City no White desert, junto à fronteira com o Paquistão


Um dos locais de que mais gostei, Amber Fort, perto de Jaipur


O Ganges corre límpido em Rishikesh, que fica perto do Nepal

 
 


7 comentários:

teresa ruivo disse...

Que lindos! Agora quero vê-los ao vivo! A India inspira mesmo ..:)

Rosário disse...

Bem bonitos!

André Duarte Baptista disse...

que bela reportagem

L.Frasco disse...

Que oportunidade, Fernanda!
E que bem aproveitada. Esse caderno deve estar recheado de tesouros.

Maria Leonor Janeiro disse...

Belos desenhos de locais fabulosos! Apetece sempre voltar.
Leonor Janeiro

zeta disse...

Registos soberbos!

Pedro Loureiro disse...

Ulalá!