Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.


Neste blog só se publicam desenhos feitos de observação e no sítio

quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

Rosas desenhadas em "cego"





O desenho-cego é a minha técnica predilecta e é perfeita para explorar descontraidamente os rabiscos de flores. Encontrei este Roseiral no Parque Marechal Carmona, em Cascais, no qual não havia antes reparado. Foi muito divertido rabiscar rosas com as pétalas abertas e fechadas, principalmente depois de "badalhucar" com o meu material preferido para pintar: a aguarela!

Houve uma cena cómica neste Roseiral. Se quiserem saber qual vão ALI bisbilhotar.