Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.


Neste blog só se publicam desenhos feitos de observação e no sítio

sexta-feira, 5 de janeiro de 2018

Vida rural

Não costumo desenhar locais sujos e desconjuntados mas, desta vez, achei que tinha um certo  encanto. A dificuldade foi a galinha que não parava quieta! Ainda desenhos do ano passado.
Leonor Janeiro

3 comentários:

Ana Carvalho disse...

Se o local era sujo e desconjuntado, não se nota nada, o teu pincel deu-lhe harmonia, uma cor suave, um ar de campo bem composto... muito bonito!

Joana disse...

Que lindo! Não é sujo...será antes rústico? Sempre bom sair da zona de conforto.

USKP disse...

Bela aguarela!

Fefa