Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.


Neste blog só se publicam desenhos feitos de observação e no sítio

quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

O regresso da rotina II

Hoje foi o primeiro dia de 2018 que me levantei às 6:30 da manhã. Foi complicado porque o relógio biológico continua a querer deitar-se tarde. Tenho a certeza que fiz a viagem toda para Lisboa em modo automático porque só comecei a acordar a meio do desenho já sentado no café. Como comecei a desenhar antes de beber o café fiquei com a sensação que não o devo ter bebido. Terminei o desenho e fui trabalhar.