Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.


Neste blog só se publicam desenhos feitos de observação e no sítio

quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

na aldeia



Estava a arrumar desenhos recentes, isto é, do ano passado, e tropecei nestas páginas. Foi um teste que fiz com aguarelas líquidas. Escolhi um dos lugares mais emblemáticos da terrinha: a igreja paroquial à esquerda, com a Capela dos Pancas, gótica e renascentista, que lhe está adossada. E à direita, naquela esquina, está a casa dos Guterres, casa onde cresceu aquele que é hoje o Secretário-geral da ONU.

6 comentários:

AB disse...

Muito Bom!

L.Frasco disse...

Belo efeito, Tomás!!
Aguarelas líquidas é Ecolines? E usaste só uma cor (azul) ou tens 2 cores (azul e roxo)?

hfm disse...

Belíssimo.

Marcelo de Deus disse...

Boa Tomás!

USKP disse...

Obrigado a todos! @L. Frasco, usei sempre o mesmo tom de aguarela e fiquei espantado com o resultado: a mancha ganhava uma transparência parecida com a ecoline! Tomás

Maria Leonor Janeiro disse...

Gosto muito
Leonor Janeiro