Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.


Neste blog só se publicam desenhos feitos de observação e no sítio

sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

Fronteiras fronteiras fronteiras... Bulgária, Sérvia, Croácia, Eslovênia

Nunca pensei que fosse passar por isto dentro da 'união europeia'. Sair do autocarro no meio de temperaturas negativas, ficar numa fila interminável, mostrar passaporte, passar pela fronteira #1 voltar para o autocarro, atravessar 100 metros dentro do autocarro, voltar a sair e passar por todo o processo novamente. Ah, e claro. O pormenor do tráfico de cigarros... sem comentários.





2 comentários:

Rosário disse...

Belas páginas! Gosto mais do texto (quando ele existe) que faz parte das páginas do "Diário Gráfico"!

sofia palma disse...

Obrigada Rosário! Eu trato o diário gráfico mesmo como diário, escrevo quase tanto como desenho mas claro, essas paginas so de texto nao mostro aqui ;)