Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.


Neste blog só se publicam desenhos feitos de observação e no sítio

quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

encerrar 2017

Tenho-me desleixado na minha rotina gráfica, mas fiz questão de encerrar o ano com o que mais gosto de fazer, aproveitando para semear esse prazer...
... concluí com este desenho feito à pressa porque optei por almoçar e me envolver na conversa.
Despedi-me de 2017 abraçando um conjunto de cadernos que, para minha surpresa, atingiu um número razoável. Desejo que em 2018 permaneça, em mim, este gosto pelo desenho.

Deixo aqui um abraço a todos os USK e faço votos de um feliz e próspero 2018!

(Caneta caligráfica, carimbo e lápis de cor)                                                                                                                                                      «in situ»

5 comentários:

USKP disse...

Obrigada pelos votos e pelos lindos desenhos que vi ao longo de 2017.
Leonor Janeiro

teresa ruivo disse...

Faço meus os teus votos!

Henrique Vogado disse...

Gosto de ver as lombadas dos cadernos com as datas. Tantos traços e memórias. Um Bom Ano!

Rosário disse...

Bom Ano! Daqui por um ano vamos ver o dobro dos cadernos!

Alexandra Baptista disse...

Obrigada
(^L^)