Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.


Neste blog só se publicam desenhos feitos de observação e no sítio

sexta-feira, 20 de outubro de 2017

Fonte da Vila

 
Castelo de Vide é muito bonita no Outono  e com céu azul. De manhã cedo sentei-me a desenhar este troço da vila medieval onde viveu Garcia da Orta, grande médico e botânico quinhentista, antes de ir para a India.
 Não havia movimento. Uns locais abriam as janelas, carros ,nem vê-los.
Garcia da Orta era cristão novo e foi um dos primeiros europeus a relatar as explorações navais dos chineses.Foi também o iniciador das viagens das plantas entre a India ,o Brasil e a Africa.
Vale a pena ir visitar a Sinagoga onde se encontra uma evocação a Garcia da Orta.
Leonor Janeiro

5 comentários:

hfm disse...

Conheço bem este local, está lindo o desenho.

Isabel Alegria disse...

Que bonito!
Como uma evocação do lugar, cheia de luz e sensibilidade.

Fefa disse...

Que interessante o enquadramento histórico!
O desenho ficou lindo e detetei uma técnica nova no pavimento...

Ana Carvalho disse...

Gosto muito desta tua aguarela, as cores pastel estão belíssimas, as explicações enriquecem o trabalho... e o empedrado está bem apanhado, puseste uma superfície rugosa por baixo da folha?

Rosário disse...

Que interessante!