Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

quinta-feira, 6 de julho de 2017

Whistler´s father

A pose e o rosto deste passageiro no 767 fizeram-me lembrar o famoso quadro Whistler´s mother.


8 comentários:

Pedro disse...

Bem apanhado!

Alexandra Baptista disse...

Está lindo o desenho.

hfm disse...

Um desenho que prende o olhar.

USKP disse...

Há um estilo bem definido nos teus desenhos sem no entanto haver tiques formais repetitivos. Esta exploração das manchas aproveitando o tom mais escuro do papel é um bom exemplo. Muito bom.
-marco-

João Santos disse...

Obrigado pessoal :)

nelson paciencia disse...

Bom como sempre.

Celeste Vaz Ferreira disse...

Consigo ficar imenso tempo a olhar para estes desenhos com a mais profunda admiração.

teresa ruivo disse...

Onde vais parar?