Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

quarta-feira, 26 de julho de 2017

So Long Frank Loyd Wright

Toda a gente cantarolava a música dos Simon & Garfunkle.
Foi uma visita especial à Robie House, organizada para os USk antes do Symp e enchemos a casa.
Mais do que as vistas exteriores foi emocionante experimentar os espaços e as arquiteturas que não se sentem em desenhos nem em fotografias. Marcante.


2 comentários:

Rosário disse...

Boa música!

Isa Silva disse...

Ahh Frank Lloyd Wright (suspiros)