Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

domingo, 23 de julho de 2017

ENcosta uma experiência social incrível

Estou de regresso de uma semana que me irá marcar para sempre. Trata-se do projeto ENcosta, um projeto de reabilitação urbana que tem início em Torres Vedras. Vale a pena ler a introdução do projeto (AQUI) pelas palavras do André Duarte Batista que o abraçou com alma e coração.
Ao longo da semana irei tentar explicar por palavras o que vivi nestes dias.
No dia 17 eu e a Suzana Nobre encontramo-nos com o André Batista no Choupal, uma zona magnífica do norte da cidade, que já recebeu prémios pelo seu projeto paisagístico. Apesar de já ter publicado volto a deixar aqui a imagem mais de acordo com o desenho original. E foi assim que se deu início a esta residência artística.

Quem está no choupal e olha para norte vê a encosta de São Vicente, a área abrangida pelo projeto de reabilitação urbana da Câmara Municipal de Torres Vedras . Do lado direito do desenho da Encosta de São Vicente podemos ver a Ermida da Nossa Senhora do Amial. Se continuarmos  pela nacional 8 (lado direito da Ermida) vamos passar pelo antigo Matadouro Municipal onde vai nascer o Centro de Artes e Criatividade com uma forte ligação ao Carnaval. 
A manhã de segunda feira foi passada a conhecer a zona de intervenção. O André teve o cuidado de explicar aos residentes para o que vínhamos, uma vez  que grande parte da população é idosa. 
Estava tudo preparado para começarmos a explorar
Encosta de São Vicente

Antigo Matadouro Municipal

10 comentários:

Bruno Vieira disse...

Sempre um prazer ter-te por cá, desta vez foi quase surrealista.
Além dos registos fabulosos, adorei a forma como tu e a Susana se entranharam nos bairros da encosta, pelas pessoas e pelas histórias. Mais uma vez obrigado ;)

Procópio António disse...

Obrigado Bruno pela tua ajuda e partilha.

nelson paciencia disse...

Fantásticos desenhos! E muito boas as digitalizações, os teus desenhos ganham uma vida extraordinária.

Pedro disse...

Um projeto a seguir com todo o interesse!
Além disso uns excelentes desenhos.

Rosário disse...

Que projecto tão giro! Parabéns pelos excelentes desenhos!

Pedro Loureiro disse...

Grande António! Espectaculares desenhos!

André Duarte Baptista disse...

António (e Suzana) será que um dia vou conseguir agradecer-vos o suficiente? Espero que sim. O mérito é todo vosso. Apesar de já ir com enorme expectativa, tendo em conta o conhecimento que tenho do vosso trabalho, essas expectativas foram fortemente ultrapassadas. Outras residências virão, mas esta ficará para sempre marcada na memória colectiva. Se uma pessoa vale mais do que mil palavras, uma pessoa vale mais do que mil casas. Este é um processo de regeneração urbana que se alicerça sobretudo no património intangível - as pessoas que ali vivem e aquelas que hão de vir. Vocês já fazem parte desta comunidade. Voltem sempre. Muito obrigado.

L.Frasco disse...

Com isto é mesmo de ficar com água na boca dos que aí vêm!
E imagino as histórias que os acompanharão!
António, partilha!!
(E Suzana, claro!)

Celeste Vaz Ferreira disse...

Grande projecto, grandes desenhos!

Suzana disse...

Ficaram tão fantásticos os teus desenhos, e com tantas experiências à mistura :D!! O da encosta está um espanto!