Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

quarta-feira, 12 de julho de 2017

Dois desenhos "para memória futura".

A coisa fica no descampado ao pé da Estação do Oriente e vai dar lugar a outra coisa qualquer.
O ar vintage é por causa do caderno que estou a usar (Khadi) e porque usei gouache para tentar dar um ar pesado e sujo.

Atravessando a rua, para os Olivais Velho, está esta ruína já irrecuperável à venda que há-de dar também lugar a outra coisa  

4 comentários:

Celeste Vaz Ferreira disse...

Muito giro!!

Marcelo de Deus disse...

Muito giro e sobretudo um estilo muito peculiar. Que papel será este?

teresa ruivo disse...

Lindo, este dos Olivais!

nelson paciencia disse...

Muito bons!