Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

terça-feira, 18 de julho de 2017

Café Girassol

À noite, no café Girassol, depois de uma visita à feira do livro em Viana. Experimentando um azul indigo (obrigado Pedro) .
O café é completamente redondo e fica no jardim da cidade. Do lado oposto a este vê-se o jardim e o rio. Deste vê-se um belo conjunto de casas antigas e comércios antigos que me pedem sempre para ser desenhados.

3 comentários:

Ana Carvalho disse...

Um belo desenho de casas antigas, com o encanto das cores nocturnas!

Pedro Alves disse...

Muito bom esse céu! Eu não te disse? ;) Continua...

teresa ruivo disse...

Belo Indigo:)