Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

segunda-feira, 5 de junho de 2017

Vamos desenhar com...

Obrigada por terem vindo desenhar... comigo, no Museu Arqueológico do Carmo!... :)

Foi um grande desafio para mim, colocar-me do "lado de lá" e falar dos meus trabalhos para um público. No entanto, acabou por ser um exercício muito interessante, porque me fez reflectir em todo o meu percurso e evolução no desenho e pintura.

Como desafio para desenhar: o "contexto". Quando faço um desenho, represento sempre o ambiente que se desenrola em torno do meu alvo principal. Assim, o desafio era desenhar algo que gostassem: um grupo de pessoas, um objecto, um edifício, e... desenhar também a sua envolvente por forma a percebermos o ambiente que os rodeia.




3 comentários:

Ana Crispim disse...

Que bom explicares o exercício, Monia. Tive muita pena de não ter visto os teus trabalhos.

Rita Catita Afonso disse...

Vou fazer este desafio e depois envio para avaliação :) posso tirar dúvidas?

nelson paciencia disse...

Tenho a certeza que foi óptimo. E não me perdoo não ter conseguido ir.