Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

terça-feira, 6 de junho de 2017

Lagoa do Fogo


A Lagoa do Fogo é um dos nossos Ex-líbris e, para mim, dos mais complexos de desenhar... a paisagem está em constante mutação. Fiz três tentativas que  ficam aquém da sua beleza natural.  Há dias em que a neblina que abraça a lagoa consegue vê-la como ninguém e para que não a julguemos egoísta lá a vai soltando para que também nós a possamos admirar. No Verão a coisa muda de figura e até o sol quando se põe e esconde ao fundo -junto ao mar- reflete o seu encanto e ajuda a pintá-la. Hei-de voltar!

(Caneta caligráfica, Lápis de cor, marcador e aguarela)                                                                          «in situ»

2 comentários:

Eduardo Salavisa disse...

Gosto desta repetição do mesmo tema. O meu preferido é o primeiro.

Alexandra Baptista disse...

(ºLº)
tb prefiro o 1º.