Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

segunda-feira, 26 de junho de 2017

Gente amarfanhada


No lado esquerdo, no metro, um tuga à maneira, a falar alto e em tom agressivo ao telemóvel, com as pernas abertas e a mão livre bem próxima da genitália. No lado direito, na paragem do 767, uma miuda bem rubenesca cujo retrato transparece uma Nelson Paciencite aguda.

1 comentário:

nelson paciencia disse...

Tão bons!
E a cabecinha de alfinete está sublime.