Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

quinta-feira, 29 de junho de 2017

Conversas estranhas por pessoas normais

A 8ª sessão do programa 10 years 10 classes, a 3ª que tive o privilégio de orientar, teve um tema bizarro, que nos obrigava a desenhar pessoas normais e as suas conversas estranhas. Apesar de não ter sido a minha primeira escolha, constato hoje que o Mercado da Ribeira foi uma óptima escolha. Está cheio de gente de todos os lugares do mundo, sempre animadas, conversando em línguas que não conhecemos e em posições muito desenháveis.
Foi esse o mote para a sessão: desenhar a postura corporal e os gestos, a face, e depois o contexto. Para aquecimento propus que desenhássemos apenas pedaços de pessoas, escolhidas por serem personagens e estarem em posições de força e tensão. Sugeri que desenhassem só as partes do corpo visíveis, de modo a simplificar o desenho que se pretendia não complexo. E pedi também que desenhassem muito perto, se possível a menos de 3 metros. E desenhar com escala maior que aquilo que pudessem estar habituados: "se estamos mais perto, o desenho tem de ser maior", reforcei tantas vezes.
Fiquei com a sensação de que a forma como abordámos e desenvolvemos este desafio agradou aos participantes, o empenho de todos foi incrível. Obrigado!
Depois do aquecimento, sugeri que fizessem um desenho mais completo, os corpos inteiros e o contexto, e com os diálogos inusitados dos personagens. O meu desenho acabou por não ter diálogos, que o casal inglês bem próximo de mim não abriu a boca uma única vez. A não ser para mais um golo de vinho...






10 comentários:

João Santos disse...

Já disse e repito, adoro estes teus personagens, tens um estilo único q s reconhece a milhas.

Bruno Vieira disse...

Bela experiência, gosto de todos mas o primeiro está mesmo fabuloso

cláudia mestre disse...

Gosto tanto mas tanto! Vou apontar as tuas propostas para tentar fazer. A do aquecimento e o "desenho mais completo".

Marcelo de Deus disse...

Espetáculo!

Rodrigo Briote disse...

Mesmo bons. Se isto são aquecimentos vou ali e já venho

Anónimo disse...

YYYUUUPPPIII! O maior!!

Pedro Ribeiro disse...

Nelson, obrigado por esta sessão, foi extraordinária!
Um grande bem haja.

AB disse...

ai quem me dera...

teresa ruivo disse...

Boss! porque é que eu não pude ir? :(((((

Ketta disse...

Diverti-me "montes" nesta sessão!
Óptima escolha de lugar e exercícios! As pessoas/modelos foram muito simpáticas connosco!
Adorei!