Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

segunda-feira, 19 de junho de 2017

Caminha

Ao fim do dia, as encruzilhadas levaram-me a Caminha, a procissão já se recolhia e o ambiente era povoado por ruas vazias, decoradas com tapetes de flores e apetecíveis a desenhar... No entanto, foi à esplanada que dei valor, entre um fino e um fio de conversa, horas a ficar tardias, histórias como cerejas...

5 comentários:

Celeste Vaz Ferreira disse...

Adoro esta cor!

João Santos disse...

Muito bom!

Eduardo Salavisa disse...

Caminha é linda e o largo do Terreiro com o seu chafariz ainda mais. Belo desenho.

Marcelo de Deus disse...

Concordo. Belo desenho Bruno.

André Duarte Baptista disse...

muito bom, Bruno. essa cor assenta-te bem..