Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

segunda-feira, 5 de junho de 2017

Belíssimo encontro na Arruda dos Vinhos sábado passado. Era a Feira Oitocentista.
Para aquecer a mão foi o cavalinho, idoso, meigo, paciente, que por lá passeou as crianças.


 

Um recanto encantador no largo da igreja matriz.


Aqui apanhada em flagrante delito pela objectiva do Bruno Vieira, a pintar o tal recanto.

Ao almoço a pena não perdoou. Apanhei o Augusto, o nosso fantástico anfitrião, em conversas...


E por fim, uma tentativa do bar da paróquia à chapa do sol.
Foi um excelente encontro! Ficou ainda muito por explorar em Arruda dos Vinhos. A repetir, sem dúvida.


4 comentários:

Marcelo de Deus disse...

Que belos desenhos. Parabéns!

Fefa disse...

Belas aguarelas!

Fefa

nelson paciencia disse...

Também gosto, principalmente do último desenho.

Isabel Rodrigues disse...

Lurdes, estão lindos!