Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

domingo, 4 de junho de 2017

Arruda Oitocentista

Os ares aromatizados a vinhas e vinho de Arruda dos Vinhos abriram as portas do corpo e deixaram o espírito do galopar... embora o cheiro fosse mais a grelhados e cerveja...

Levei o típico traje de boina parisiense e camisa branca, não havia barrete nem colete. Havia pincéis e vontade de pausar a semana ;)


Depois da habitual caminhada à procura de luz, abrigo e mimos para a alma, resolvemos parar frente à igreja matriz, o primeiro desenho de aquecimento ocupou a manhã toda.
 

Quando descobri os animais, cabrinhas, coelhos, galinhas, ovelhas e cavalo para desenhar, chegou a hora de almoço.

O almoço foi produtivo, mas a fome era tanta que a comida não chegou a aparecer nos desenhos.


Fizemos um mini raly pelas esplanadas e montamos o atelier na melhor, junto ao jardim naturalista romântico, no fabuloso pátio do Palácio Morgado.

Era tentador desenhar o jardim, os detalhes e recantos doces e as poesias florais apaixonadas, ou mesmo desenhar o palácio, mas depois do almoço preferi continuar com os modelos profissionais disponíveis.


O fim da tarde resultou num ultimo desenho enquanto os ombros se tornavam pesados com tantos curiosos... mas depois de acabar ainda houve tempo extra para petiscar. ...e desenhar.


mais em Link

6 comentários:

André Duarte Baptista disse...

Que grande produção. Os meus favoritos são as cabras e o último - comida e cadernos

Rosário disse...

Tão giros!

Mário Linhares disse...

Também achei o último bem bonito. Simples e eficaz!

Pedro Alves disse...

Uma pessoa sai a meio e metem-se nos petiscos! Sacanas ;) Belos desenhos só com mancha que fizeste ao almoço ;)

Rita Catita Afonso disse...

Grande produção! Estiveste imparável. Muito bem! clap clap clap

Bruno Vieira disse...

Obrigado a todos.
André e Mário, nunca pensei que o ultimo falasse tanto...
Pedro Alves, haverá sempre uma próxima para petiscos...ainda não sou capaz é de os desenhar no prato, a fome manda...
Rita Catita, as manchas são mais rápidas... e não tive a distracção de sketchers irrequietos ;P