Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

sexta-feira, 16 de junho de 2017

10 x 10 Lisboa - Miradouro de Nª Srª do Monte

Começa a ser um lugar comum mas não posso deixar de congratular os organizadores desta iniciativa e neste caso em particular o Pedro Loureiro que conduziu esta sessão de uma forma exemplar.
Aprendi imenso e foi um final de tarde de excelente convívio!
Bem hajam!

Seguem pois os resultados dos 3 desafios:

1. Desenhar o skyline de Lisboa a partir de um ponto fixo





2. Desenhar, de baixo para cima, todos os elementos que compõem o caminho que vai de um ponto fixo a um elemento importante - neste caso o Miradouro da Graça 




3. Desenhar rapidamente a silhueta da primeira pessoa que ouvirem falar de algum elemento da cidade - neste caso Cristo Rei e Ponte  25 de Abril (o Branqueamento foi enquanto ninguém falava de nada relevante!!!)



4 comentários:

Celeste Vaz Ferreira disse...

Ficaram muito giros Pedro!
Foi um belo momento quando viste a luz :)

Mário Linhares disse...

Pedro: estás a ficar um boss!

Ketta disse...

É só poesia nessas páginas :) e com tão poucas linhas :)

Pedro Loureiro disse...

Muito bons, mas o meu favorito é mesmo a pinta dos turistas com o Cristo Rei e a ponte