Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

sábado, 20 de maio de 2017

Quinta das Conchas




 


Retomando velhos hábitos. Depois do passeio matinal havia que desenhar. Tinta sépia.

3 comentários:

DiasVanda disse...

as árvores, a vida ... nos teus cadernos! Gosto!

Alexandra Baptista disse...

Sente- se a falta quando por aqui não aparecem os desenhos da "senhora das árvores".

teresa ruivo disse...

São sempre boas, estas árvores, mas em sépia ficam mesmo bem!