Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

segunda-feira, 1 de maio de 2017

Paris

Não subi à torre Eifel porque as filas eram infinitas, mas sentei-me no jardim que a envolve para a desenhar e mais tarde procurei vê-la da torre de Monteparnasse (a vilã dos Parisienses contemporâneos) e sim, é magestosa numa malha urbana homogénea e de estatura controlada, é magestosa de dia e de noite também.

(Caneta caligráfica, carimbo e marcador acrílico)                                                                                                                           |«in situ»|