Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

domingo, 14 de maio de 2017

No Largo do Carmo

Apesar da introdução da Teresa Ruivo ter sido excelente, passei quase toda a oficina a falar com a Isabel Fiadeiro que já não via há uns bons tempos. Mas quando saí do Museu não resisti a desenhar esta banda.


5 comentários:

Manuela Rolão disse...

Adoro as tuas manchas de cor!

Bruno Vieira disse...

Que belo grupo que podia ter apanhado cá fora. Gostei

Rodrigo Briote disse...

Que sorte a deles.

teresa ruivo disse...

Fizeste a proposta, só que no fim! Também fiquei a olhar para eles, mas...estava demasiado cansada!Obrigada Eduardo:)

Isabel Rodrigues disse...

O seu traço sempre tão pessoal!