Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

domingo, 7 de maio de 2017

Máscaras há muitas e são de todas as cores e feitios

O Festival da Máscara Ibérica revelou-se uma grande curtição "desenhistica".

A cor e as formas do grotesco saíram à rua para festejar e desdenhar do comum e do sério.

As vedetas estiveram ao rubro no cortejo de Sábado e fizeram ecoar os seus tambores na praça do império em Belém.

O contexto esteve nas vitrinas do Centro Cultural da Casa Pia e do Centro Nacional de Arqueologia.

Aqui ficam dois sketches, mas muitos mais estão no sejamuitoooofeliz.blogspot.pt/



5 comentários:

Suzana disse...

Boa reportagem, que pena não nos termos cruzado :) e acabei por não ver a exposição na Casa Pia...
Clarisse podias colocar a etiqueta FIMI2017 ? Assim seria mais fácil a organização do FIMI encontrar os desenhos dos participantes. Obrigada.

Rosário disse...

Tão giro!

USKP disse...

Boa Isabel, giríssimo.
Tens que postar mais vezes.
Leonor Janeiro

nelson paciencia disse...

Que bom o último desenho.

zeta disse...

Tive o prazer de ver, de apreciar !in loco" o trabalho aqui postado e gostei.Parabéns, Isabel!