Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

sexta-feira, 12 de maio de 2017

Escadinhas da Costa do Castelo


Adoro testar papel e adoro ser surpreendido... Este é o novo Canson Heritage Cold pressed (Azul) e posso dizer desde já que é ultra-extraordinário. Foi a diversão total enquanto mandava cores e água e as via misturar e fazer efeitos deslumbrantes. Mas antes disso, eu e o Pedro Loureiro quase fomos apanhados por um mega aguaceiro enquanto desenhávamos isto, não fosse a Villa do Castelo estar ali ao lado para nos abrigar. Mais umas escadinhas feitas... Próximas!

7 comentários:

Marcelo de Deus disse...

Alguém que pare este homem !!!

Bruno Vieira disse...

Pela água, não me digas que voltaste às 600 gramas. A Poska no meio deu uma ideia interessante... e não estou a pensar em pombos, eheh

André Duarte Baptista disse...

depois disto, vou arrumar o caderno durante o fim-de-semana :-)

USKP disse...

Como se torna evidente a água da chuva a escorrer pelas escadadinhas...

Magnífico!

Fefa

Lurdes Morais disse...

Pronto! Já nem sei que diga... Gosto imenso.

teresa ruivo disse...

Ah! Afinal é do papel!
Está resolvido: André, vamos comprar também?

Mário Linhares disse...

Chiça...