Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

terça-feira, 30 de maio de 2017

CIPJTV


Centro de Interpretação da Presença Judaica em Torres Vedras, frente à entrada do Castelo.
Contém uma exposição bastante completa na qual gostei muito de colaborar, não só pelas ilustrações e plantas desenvolvidas como por todo um trabalho invisível com a equipa de investigadores do Museu Leonel Trindade, Isabel Luna e Carlos Cunha.
As ilustrações resultaram da conjugação de esboços de percepção no local com alterações em vegetal e digital.
É um local privilegiado e este desenho é apenas o primeiro desenho...

3 comentários:

teresa ruivo disse...

Parabéns Bruno!

Pedro Alves disse...

Grande Bruno a por Torres Vedras (cada vez mais) no mapa!

André Duarte Baptista disse...

Excelente trabalho. Parabéns Bruno