Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

quinta-feira, 18 de maio de 2017

10x10 na redacção do Diário de Notícias


Tema 1: Objectos pessoais
Mário Linhares

Nada melhor do que dar o início dos festejos numa redacção de jornal. Haveria muitos à escolha, mas o Diário de Notícias foi o eleito para se dar o pontapé de saída. Éramos muitos, mas não suficientes para agitar o ambiente da redacção tal era a concentração dos jornalistas sobre a vinda do Papa, a música do Salvador e o final do campeonato que aí se aproximava! E nós, como profissionais em desenhar em silencio, meros observadores do ambiente, absorvemos as conversas cruzadas que nem esponjas!

Depois de uma visita guiada pela redacção e de algumas dicas profissionais da Marina Almeida (jornalista), a proposta do Mário seria criar nas nossas páginas um artigo de jornal com desenhos e escrita à mão.


No primeiro exercício pretendia-se escrever sobre um objecto pessoal que seria deixado como herança a alguém, não esquecendo da apresentação como se de um artigo de jornal se tratasse.


No segundo exercício teríamos de trocar de objecto e desenhá-lo, enquadrando-o no ambiente de trabalho da redacção do Diário de Notícias. A história ou o artigo teria que unir os dois desenhos.

4 comentários:

Suzana disse...

Que bem que tudo ficou registado, a escrita e o desenho. Ficam muito bonitas as páginas assim...

Alexandra Baptista disse...

Além de bonitas as páginas são reveladoras de um grande (e complexo) exercício.

teresa ruivo disse...

O teu sentido estético é sempre surpreendente!

nelson paciencia disse...

Pois é! A composição destas páginas é sedutora, não me ocorre palavra mais acertada. Gosto tanto.