Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

sábado, 8 de abril de 2017

O Porto pela manhã

Hoje levantei-me bem cedo. Deixei as meninas a dormir e fui explorar o acordar da cidade. Nas ruas havia muitos  vestígios da festa noturna mas os homens da câmara já estavam a tratar da sua limpeza. Passei pela rua Sá de Noronha e Costa. Achei muito pitoresco um conjunto de casas onde se situa o restaurante Solar Moinho de Vento. Depois fui beber café à confeitaria Sical e deliciar-me com os painéis de Julio Resende. Ainda tentei desenhar no papel uma parte do painel. Foi uma tentativa escandalosa.



3 comentários:

Teresa disse...

Bom dia Antonio, mesmo antes de ver a assinatura, vi logo que devias ser tu a passear pelo Porto. Um bom fim de semana para ti , Inês e meninas. Um abraço.

USKP disse...

Grandes desenhos, e grande cidade, recomendo a cervejaria gazela, não muito longe daí. Boa viagem!

Tomás Reis

AB disse...

ou me engano muito ou já és meio tripeiro!
o desenho do casario está lindíssimo!