Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

domingo, 9 de abril de 2017

Livraria Lello

No sábado fomos visitar a Livraria Lello. Tentar apreciar um espaço magnífico como sardinha em lata é em si mesmo estranho. E tentar desenhar as escadas enquanto a tua filha te puxa de um lado e levas encontrões do outro é a perfeita loucura. Um dia gostava de entrar na Livraria Lello sozinho e perder-me no desenho das escadarias durante horas.

3 comentários:

Miguel Antunes disse...

Um prazer desenhar a lello. Ha alguns meses atras fui la e estive para ai meia hora a desenhar a escadaria. E depois enviei e ficou eternizado no nosso livro de Pt pelos Urbansketchers :)

Uma delicia a Lello!

abraco desde Timor

Miguel

Rosário disse...

Esta escada está o máximo!

Teresa disse...

Sabe, quem sabe, que não podia ser outra escada, a não ser da Livraria Lello. Ah!!!! Ainda visitei a Livraria no tempo que sabia bem, estar na Livraria. Apreciá-la e apreciar os livros!

Gostei muito do teu desenho e das tuas histórias desse fim de semana familiar!