Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

segunda-feira, 27 de março de 2017

Parque aquático

Tenho um parque aquático e casa. Pelo menos é assim que a Júlia vê a banheira cá de casa. São mergulhos nas profundezas, deslizamentos no escorrega, salvamentos e muitas outras aventuras.Um dos dos poucos momentos de pausa é quando dá corda ao seu peixinho cor de rosa.

6 comentários:

João Santos disse...

eheh adoro o desenho e o título!

nelson paciencia disse...

Tambem acho este desenho o máximo!

Rosário disse...

Que belo desenho!

Celeste Vaz Ferreira disse...

Também adoro o texto e desenho!!

Alexandra Baptista disse...

Que bonito.

Ketta disse...

Que maravilha: o texto, o desenho e o olhar do pai :)
Gosto muito da composição da página!