Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

sexta-feira, 17 de março de 2017

Janelas Verdes

Numa ida ao Museu Nacional de Arte Antiga apanhei esta perspectiva da Rua das Janelas Verdes que achei bonita e desenhei.
Acho Lisboa cada vez mais interessante.
Leonor Janeiro

2 comentários:

USKP disse...

Lisboa está cada vez mais bela e ainda bem que ficou tão bem retratada em mais este belo sketch.

Fefa

Pedro Ribeiro disse...

Parabéns Leonor, que trabalho excelente!
Faz tempo que tento pintar a Igreja Paroquial de São Francisco de Paula e não consigo (conseguia) vislumbrar uma perspectiva decente! Este teu desenho mostra que a arte de bem desenhar exige também a arte de bem enquadrar!
Belíssimo trabalho!
Parabéns!