Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

sábado, 25 de março de 2017

Cães vadios

A saida dum restaurante estes cães pousaram para mim na esperança que eu lhes desse comida. Eram divertidos e pacientes.
Leonor Janeiro

4 comentários:

Ana Resende disse...

Magnífico desenho!

Ana Resende

Fefa disse...

Vadios...mas muito fofos!

Fefa

Isabel Rodrigues disse...

É tão desafiante desenhar o melhor amigo do Homem...
ficou catita. Eu já tentei, por diversas vezes desenhar os meus amiguinhos cá de casa, mas ainda estou longe de estar satisfeita com o resultado.

Belita Isabel Janeira disse...

Mas que gira cãozoada, tão engraça e tão bem represnetada...